Butecando

Butecando

Café Bauer: "Não somos uma cafeteria!"

por Tavares 512, em 2018-01-19 00:00:00

Fui convidado para um encontro de Blogs por Rudolf Bauer, um dos donos do Café Bauer, para uma apresentação de seus produtos. Numa noite bem agradável e de bate papo descontraído fomos recepcionados por ele e família em sua própria residência. Eu (@buteco512), a Ellen Lapa (@lapaellen), a Karen Costa (@karencostablog) e a Paula Theotonio (@meuterroir) fomos "torturados" com uma sequência de guloseimas que faz qualquer nutri pirar...hehe!


Obs 1: Siga essas @ no instagram!




Uma curiosidade importante sobre o Café Bauer é que eles não são uma cafeteria, o nome é a junção dos sobrenomes dos sócios Naiara Café e Rudolf Bauer (tcharãaaaam). Eles fornecem doces, tortas, salgados, massas e molhos para cafeterias, empórios, restaurantes e também à domicílio... ainda aceitam encomendas para festas.




O Café Bauer (@cafebauer) ainda é representante da Cabana da Ponte (@palmeiralaticinios). São produtos feitos com leite de búfala, tudo orgânico... uma delícia!


Obs 2: Essas @ aí tbm...hehe!




E já que falei de delícias, deixa eu torturar vocês um pouquinho e falar da sequência à qual nos fomos submetidos. Começamos a noite com um Pão feito com malte (malte é um dos ingredientes da cerveja) e uma Burrata de Búfala com azeite, pimenta rosa e manjericão. A noite já prometia!




Uma das curiosidades desse pão é que ele é feito com o malte utilizado na feitura da Brutos Beer, cervejaria local. Apos fermentado o malte deve ser utilizado para fazer o pão imediatamente, pois é muito perecível.




Depois veio um Croassant de Peperoni e Mussarela. A massa é a própria Naiara quem faz e que aprendeu com a sogra, que aprendeu com o Chef do Hotel Gloria, lá no Rio de Janeiro... um desbunde!


Depois um Quiche de Peito de Peru com Abacaxi. Massa leve e molhadinha. A Ellen não come abacaxi e teve uma versão queijo e presunto só pra ela... tão mimando muito essa menina, hehehe!




Logo em seguida veio o produto que deu origem ao Café Bauer, o Pão de Mel. Quem me conhece sabe que não morro de amores por doces, até como, mas não faço questão. ESSE PÃO DE MEL É DELICIOSO! Caso encerrado!




Torta de nozes não comi, mas a torta Bulgara foi outro desbunde. Os docinhos diversos e sortidos eu também não comi, mas levei pra casa pra Dona Débora comer...hehe. Levei não... LEVAMOS, os blogueiros marmiteiros atacaram e levaram "malmitinhas" para casa com a desculpa de que foi para seus respectivos...TODOS!




Na saída fomos apresentados à Maria Fernanda, responsável pela decoração do ambiente. Aí...quando estamos indo embora, crentes que já comemos o  suficiente, eis que surgem com uma "sacolinha" com uma ruma de produtos da Cabana da Ponte e do Café Bauer. Sensacional.




Tô ficando muito mal acostumado com essa vida de blogueiro gastronômico, mas isso não é uma reclamação não, viu?! Podem continuar...hehe. Espero que tenham gostado da matéria, sigam as minhas desventuras gastronômicas no instagram (@buteco512) e até a próxima!


Tavares

Buteco 512